Teoria da expectativa de vroom
Teoria da expectativa de vroom

Seus colaboradores chegam cedo ao escritório, trabalham muito e ficam até mais tarde, certo? Sabe por que eles se comportam dessa maneira ou o que os motiva a tomar essa decisão? Difícil responder, não é mesmo? Talvez a teoria da expectativa de Vroom possa ajudá-lo a descobrir. 

A teoria da expectativa afirma que por trás desse tipo de comportamento está um pensamento de recompensa pelo esforço adicional. Ou seja, o colaborador acredita que  quanto mais trabalha, maior será a sua gratificação. 

No entanto, quando essa recompensa não vem, a motivação pode se tornar frustração, impactando negativamente, não só um colaborador, mas toda uma equipe. Por isso, a teoria defende a criação e manutenção de fortes vínculos entre esforço, desempenho e recompensa. 

Quer entender melhor como funciona a teoria da expectativa e como aplicá-la em seu dia a dia paramanter seus colaboradores mais motivados? Continue comigo!

O que é a teoria da expectativa de vroom

 A teoria da expectativa foi desenvolvida pelo psicólogo e professor da faculdade de Yale Victor H. Vroom em 1964 e ampliada por Porter e Lawler em 1968. Em sua teoria, Vroom defende que quando colaboradores acreditam que altos níveis de esforço elevam seu desempenho e, através disso, é possível obter recompensas e atingir objetivos eles se sentem mais motivados.. 

No entanto, o esforço que cada um imprime depende da expectativa sobre os resultados que espera obter. Neste contexto, a teoria da expectativa de Vroom, baseia a motivação em 3 parâmetros:

  1. Expectativa: meu esforço melhora o desempenho;
  2. Instrumentalidade: meu desempenho traz recompensas;
  3. Valência: as recompensas são atraentes e valiosas.

Segundo Vroom, os parâmetros acima são fundamentais para manter um colaborador motivado de maneira eficaz. Ou seja, se você puder compreendê-los será capaz de motivá-los.

Por isso, vou explicar cada um deles no próximo tópico.

Os 3 parâmetros da teoria da expectativa de Vroom

Segundo Vroom, os gestores precisam criar e colocar em prática os dois primeiros parâmetros: expectativa e instrumentalidade. Já o terceiro é criado pelo colaborador, conforme a imagem abaixo: 

teria da expectativa de vroom

Para que você entenda melhor, vamos examinar juntos cada parâmetro do ponto de vista de um colaborador:

Expectativa

A expectativa é a crença de que o aumento do esforço levará a um aumento do desempenho e o alcance de um objetivo. 

O colaborador faz esse julgamento com base em uma série de fatores, como:

  • Experiência anterior;
  • Confiança em sua habilidade;
  • Dificuldade e controle do objetivo;

Exemplo de expectativa: “Se eu trabalhar duro, posso alcançar as metas que meu gestor estabeleceu”.

Instrumentalidade

Nesta variável, o colaborador está avaliando a probabilidade de receber uma recompensa caso consiga atingir as metas que foram estabelecidas a ele.

Novamente, ele faz esse julgamento com base em uma série de fatores, incluindo:

  • A relação entre desempenho e recompensa (resultado) é clara;
  • O quanto ele confia no gestor que decide sobre a recompensa;
  • Quão transparente é o processo de tomada de decisão sobre quem recebe qual recompensa?

Exemplo de instrumentalidade é: “Se eu atingir todas as metas estabelecidas para mim, acredito que serei recompensado com uma promoção”.

Valência

A última peça da motivação, segundo a teoria da expectativa de Vroom, é a valência, que se refere ao valor percebido da recompensa pelo colaborador.

Quando se trata de valência, o colaborador terá que pesar os prós e os contras dessa recompensa, por exemplo: “Eu quero ser promovido? O trabalho extra resultará em menos tempo de descanso? Vale a pena fazer um esforço para receber uma promoção e um aumento de 10% no salário? ”.

Fórmula da teoria da expectativa de Vroom

No estudo de Vroom, os três parâmetros que citei acima são apresentados na forma de uma equação. Como o modelo é um multiplicador, todos devem ter um alto valor positivo para impactar a motivação de um colaborador, caso contrário a probabilidade tende a ser zero.

VALÊNCIA x EXPECTATIVA x INSTRUMENTALIDADE = Força de motivação

 O resultado dessa equação é igual à força de motivação de um colaborador, ou seja, o quão ele está motivado a fazer algo e atingir um objetivo. Ou seja, para manter um colaborador motivado, você deve garantir que ele tenha ciência de que suas metas são reais e alcançáveis, que existe uma recompensa e que ela faz jus aos objetivos dele.  

Como aplicar a teoria da expectativa de Vroom em sua equipe

Segundo Vroom, a forma como os gestores implementam a teoria varia conforme a cultura da empresa. Isso porque, em essência, a teoria da expectativa de Vroom é uma estrutura que busca explicar o pensamento por trás da motivação das pessoas. Portanto, não é uma metodologia com um passo a passo predefinido. 

No entanto, algumas ações podem ajudá-lo, vamos conhecê-las a seguir:

1 – Ofereça recompensas que os indivíduos valorizam

 Esses podem ser aspectos intrínsecos – projetados em descrições de funções gratificantes, reconhecimento e autonomia- ou podem ser extrínsecos, como recompensas financeiras. Na verdade, podem ser uma grande variedade de coisas, o importante é que façam sentido para sua equipe. 

Por exemplo, um colaborador está ansioso para ser reconhecido por um trabalho, nesse caso, uma recompensa extrínseca pode não fazer sentido para ele, sendo até mesmo desmotivador. 

Por isso, antes de estabelecer as recompensas pelo objetivo alcançado, procure conversar com cada membro da equipe para descobrir o que o motiva. Assim, você poderá associar a realização dos objetivos a uma recompensa específica. 

Esse é o mundo ideal, no entanto, em equipes maiores pode ser necessário simplificar o processo e estabelecer recompensas que agradem a maioria.

2 – Defina objetivos alcançáveis ​​para os indivíduos

Os objetivos que você define não precisam ser fáceis, mas é fundamental que estejam ao alcance dos membros de sua equipe. 

Uma vez definida as metas, sua equipe precisará do conhecimento, das habilidades e dos recursos certos para transformar seus esforços em alta performance e direcioná-los ao objetivo da empresa.

Neste momento você deve criar uma cultura de aprendizado contínuo e, para isso, utilize a mentoria, incentive a colaboração e fomente as iniciativas necessárias para a entrega do resultado.

A teoria da expectativa de Vroom, baseia-se no pressuposto de que seus colaboradores podem escolher suas decisões. Por isso, desenvolver e incentivar os membros de sua equipe os ajudarão a entender que podem controlar os fatores que determinam seu sucesso

3 – Cumpre o que prometeu

A teoria da expectativa de vroom tem tudo a ver com confiança . Para ser confiável neste contexto, você precisa fornecer os resultados e recompensas implícitos e explícitos que concordou. Caso contrário, a confiança será quebrada, os indivíduos deixarão de ser motivados por suas recompensas e a teoria não poderá mais ser utilizada.

Por isso, mantenha a sua palavra e cumpra com o combinado, quanto maior for a confiança de sua equipe em você, mais motivados e engajados eles serão. 

4- Alinhe as expectativas

Às vezes, mesmo com os seus melhores esforços para estabelecer as relações centrais da teoria da expectativa de Vroom, circunstâncias além de seu controle podem te atrapalhar e impactar a motivação de sua equipe. Por exemplo, você pode não ter os recursos para fornecer as recompensas que sua equipe deseja, ou pode haver uma escassez de pessoas deixando a equipe sobrecarregada impossibilitando o cumprimento das metas. 

Nestas situações, certifique-se de reconhecer o trabalho árduo de todos, explique a falta de recursos e revise sua estratégia para o futuro.

Por outro lado, se o desempenho e os resultados se tornarem insatisfatórios, dê um feedback assertivo e os ajude a melhorar. Mas atenção, tome cuidado para não acabar desmoralizando sua equipe com o excesso de críticas, isso pode prejudicar todo o investimento anterior. 

Pronto para motivar sua equipe?

Espero que esse artigo tenha te ajudado a entender a teoria da expectativa de Vroom e como ela pode manter seus colaboradores motivados. 

A teoria é uma explicação abrangente e muito respeitada sobre a motivação humana. A ideia de vincular esforço e desempenho à recompensa, permite uma abordagem mais prática e aderente às empresas. No entanto, para que ela seja realmente útil, você deve se certificar que todos os parâmetros que apresentei aqui estejam com resultados positivos. Garantindo que seus colaboradores tenham ciência que suas metas são reais e alcançáveis e que eles saibam que que existe  uma recompensa que faz jus aos objetivos deles. Dessa forma, o resultado, sem dúvidas, será positivo! 

E me conta, você conhecia a teoria da expectativa de Vroom? Após ler esse artigo, pretende usá-la para entender melhor os objetivos e expectativas de sua equipe? Me conta nos comentários, será incrível saber que esse artigo te ajudou de alguma forma!