É cada vez mais frequente, principalmente nas empresas de maior porte, a presença de um time ou, pelo menos, de um especialista, dedicado de forma exclusiva ao mapeamento e otimização contínua dos processos da organização.  Essa tendência surge da crescente conscientização dos gestores quanto a necessidade de ter uma visão mais macro do negócio. E é por isso que empresas que investem na gestão de processos.

Com fluxos de trabalho planejados e padronizados, é possível conquistar oportunidades como: otimização, controle e centralização de atividades que, por consequência, traz melhorias como, maior produtividade dos colaboradores, garantia das regras de negócio da instituição, identificação e eliminação de gargalos, assim como clareza na hora de levantar e analisar métricas

Encontrar uma tecnologia capaz de criar e integrar processos de diferentes departamentos é um grande desafio

Um problema bastante presente nas organizações são os temíveis “silos organizacionais e não é de hoje. Me refiro àqueles departamentos que trabalham isolados do restante da empresa, sabe? 

Quando uma demanda, vinda de outro setor, cai em um silo organizacional, é possível que ela saia de lá totalmente descaracterizada. Por conta disso, os departamentos seguintes ficam obrigados a se adaptarem para dar continuidade à tarefa.  

Agora, imagine uma empresa em que todos os departamentos sejam um silo organizacional? Neste cenário cada departamento tem seu próprio modo de lidar com uma demanda. Ou seja, sempre que passa de um setor para outro, uma tarefa é desconfigurada.  Devido a isso, perde-se uma quantidade considerável de tempo e qualidade, ainda mais se considerarmos o tanto de gargalos que podem surgir no caminho. 

Enfim, com isso, podemos concluir que eliminar o surgimento e a manutenção de silos organizacionais em uma organização também é uma grande motivação do especialista de processos. E, para resolver esse problema, ele precisa criar  fluxos otimizados e enxutos que consigam passar por todos os departamentos sem tropeçar. Afinal, somente desta forma é possível integrar todas as partes e garantir padrão qualidade e visão consciente aos gestores de cada área. E para atingir essa meta, um dos principais desafios conseguir integrar as plataformas de gestão de todos os departamentos para que trabalhem de forma conectada. 

A carência do mercado em soluções completas e fáceis de implantar e usar

O ideal mesmo seria reunir toda a gestão de processos da empresa em uma única plataforma. O problema é que o mercado, atualmente, só oferece dois extremos de solução, que são:

1. Ferramentas fáceis de implementar e usar, porém limitadas. Como as plataformas baseadas em Kanban, por exemplo (trello, asana e etc);

2. Ferramentas completas e versáteis, porém extremamente difíceis de operar, demoradas de se colocar em operação e caras. A exemplo dos projetos personalizados de BPM (plataformas BPMs).

Neste sentido, o diferencial que o especialista de processos precisa é de uma plataforma de processos capaz de unir: a simplicidade de uma ferramenta de kanban, porém com o nível de personalização e detalhe de uma solução de BPMN. E é aqui que encontramos o Holmes!

Uma alternativa sustentável entre a complexidade do BPM e a limitação do Kanban

O Holmes é uma plataforma de gestão de processos baseada em notação BPMN, mas simples de usar como um quadro do Trello. Entenda melhor essa lógica de funcionamento aqui: Uma plataforma de gestão de processos versátil e especialista ao mesmo tempo? Sim, conheça o Holmes

Autonomia e independência

Com o Holmes, o gestor de processos ganha autonomia para criar soluções eficientes para a companhia que ele atende. Além disso, ele pode fazer isso sem ter que ficar dependendo do time de T.I para toda e qualquer customização.

Possibilidade de atender a várias áreas com uma mesma solução

Graças a sua versatilidade, o gestor de processos consegue criar no Holmes soluções para todos os departamentos da empresa em uma só plataforma. Com isso fomenta-se a integração entre os setores e, consequentemente, o desmonte dos silos organizacionais.

Apoio de um braço especialista

Outro destaque é o time time de sucesso do cliente do Holmes. A equipe é formada por especialistas em processos e gestão ágil. Esses profissionais sempre a disposição da empresa desde a implantação e, até mesmo, a proposição de soluções eficientes que atendam as necessidades do negócio.

Alguns outros aspectos e possibilidades interessantes do Holmes para o Gestor de processos

  • Desenho, criação e execução dos mais variados processos baseado na notação BPMN;
  • Usuários externos podem participar dos processos sem necessidade de login;
  • Low Code Script para implementação simples das regras de negócio;
  • Teste de novos processos sem impactar os que já estão em produção;
  • Automatização de processos com gatilhos personalizados (data, dados, processos, etc);
  • Assinatura eletrônica e digital integradas ao processo;
  • Modelos e templates de documento com preenchimento automático;
  • Possibilidade de integrar facilmente com outras ferramentas sem necessidade de códigos.

E é isso! Espero que esse artigo tenha conseguido trazer um bom panorama de como o Holmes consegue apoiar as atividades do time de processos com versatilidade e precisão.

Quer conhecer melhor nossa ferramenta? Clique aqui e agende uma demonstração online com um de nossos especialistas: Solicitar demonstração 🚀