estilos de liderança

Se você ainda não é um líder, saiba que em algum momento da sua carreira, você pode assumir esse papel. Esteja você liderando uma reunião, um projeto, uma equipe ou um departamento inteiro, você pode acabar se identificando ou adotando  diferentes estilos de liderança.

Desde a estrutura criada pelo psicólogo Kurt Lewin, na década de 1930, até as ideias mais recentes sobre liderança transformacional, já foram observadas tantas abordagens de liderança quanto líderes. A maioria dos profissionais desenvolve seu próprio estilo de liderança com base em fatores como experiência e personalidade, bem como em necessidades específicas das empresas nas quais atuam e em sua cultura organizacional. 

Embora cada líder seja diferente, existem alguns estilos de liderança comumente usados ​​no local de trabalho. E a conscientização sobre essas estruturas e estilos podem ajudá-lo a desenvolver a sua própria abordagem e ser um líder mais eficaz.

Por isso, neste artigo eu elenquei os 11 estilos de liderança mais comuns, com exemplos e características de cada um deles para ajudá-lo a determinar ou desenvolver o seu.

Vamos conhecê-los?

O que é liderança, de fato?

Complete esta frase: “Um líder é …”

Qual foi a sua resposta? Alguém que ocupa uma posição formal de poder? Quem está classificado acima no organograma? Essas podem ser percepções tradicionais, mas é importante reconhecer que qualquer pessoa pode ser um líder. Então, caso ainda não seja, isso vale para você também.

Fundamentalmente, um líder é alguém que influencia ou orienta outras pessoas por meio de suas próprias ações e comportamentos. Um líder também auxilia na condução das tarefas diárias, em grupos de pessoas e seus comportamentos. Isso reflete em resultados positivos às empresas, como maior produtividade e sensação de pertencimento por parte dos colaboradores.

Dessa forma, ser líder até pode significar alguém que é o gerente designado de um determinado departamento, mas isso não é um pré-requisito. Mesmo que você não esteja gerenciando uma equipe diretamente, talvez ainda precise assumir uma função de liderança de vez em quando. Por exemplo, quando estiver à frente de um projeto importante ou quando precisar ser a voz predominante em uma reunião.

Essas são oportunidades para você cumprir um papel de liderança e ser visto como um. São também momentos em que suas próprias qualidades e estilo de liderança irão aparecer. Portanto, não descarte essas abordagens como algo que não se aplica a você apenas porque você não tem essa função no momento. 

Portanto, respondendo a pergunta que fiz no início: um líder é aquele que inspira quem está a sua volta e utiliza suas habilidades para atingir objetivos.

Como os estilos de liderança influenciam o trabalho de uma equipe e porque é importante reconhecê-los

Antes de mostrar quais são os 11 estilos de liderança que prometi na introdução, é importante que você saiba porque eles são importantes e como podem influenciar o desenvolvimento de uma equipe . 

Vale frisar que, se você está buscando um estilo ou pretende modificar seu modo de atuação como líder, não necessariamente precisa escolher entre um ou outro tipo de liderança. Ao desenvolver suas habilidades de gerenciamento, mesclar as características de um tipo e outro pode ser uma alternativa, já que haverão diferentes processos a realizar.

Sem contar que, dependendo do objetivo da empresa e das necessidades da equipe, os métodos de diferentes estilos de liderança podem trazer maior ou menor resultado, o que também justifica a importância de reconhecê-los.

Além disso, o reconhecimento e a compreensão sobre o próprio estilo de liderança proporciona maior controle das situações, principalmente, as adversas e consciência dos limites. E como o jeito de liderar de cada gestor costuma estar alinhado aos seus valores pessoais, crenças e habilidades, identificar esse padrão e esses valores permite alinhá-los aos da empresa e também melhorar o relacionamento interpessoal da equipe. Afinal, esse alinhamento de ideias, ou a falta dele, influencia diretamente no desempenho dos colegas liderados e, consequentemente, no andamento e resultado do trabalho, seja ele um projeto ou uma atividade permanente.

Simplificando, para ter um impacto como líder, você precisa ser eficaz. E, para ser eficaz, você precisa entender exatamente onde está começando e onde deseja chegar. Dessa forma, conhecer sua abordagem atual fornece uma linha de base que pode ser usada para identificar as melhorias que você precisa fazer.

Os 11 estilos de liderança

Agora que você entende o que de fato significa liderança e como descobrir e reconhecer o seu tipo é importante, vamos ver os 11 estilos de liderança e seus prós e contras. 

1. Treinador/ Professor

Um líder treinador é aquele que sabe reconhecer rapidamente os pontos fortes, as melhorias e as motivações de seus colaboradores e ajudá-los a melhorar cada uma delas. 

Esse tipo de líder frequentemente auxilia os membros da equipe na definição de metas inteligentes, fornece feedback efetivo de forma regular e desafia sua equipe com o intuito de promover o crescimento deles.  

O líder com este estilo é hábil em definir expectativas claras e cria um ambiente positivo e motivador, sendo um dos estilos de liderança mais vantajosos para uma empresa e para os colaboradores que gerencia. Infelizmente, muitas vezes também é um dos estilos mais subutilizados, principalmente porque pode consumir mais tempo do que outros tipos de liderança, por prezar o desenvolvimento das pessoas, acima de tudo. 

Características de um líder treinador:

  • É solidário;
  • Oferece orientação ao invés de dar ordens;
  • Valoriza a aprendizagem como forma de crescer;
  • Faz perguntas guiadas;
  • Equilibra a transmissão de conhecimento;
  • E é autoconsciente.

Benefícios: A liderança treinadora é positiva por natureza. Promove o desenvolvimento de novas habilidades, o pensamento livre, a capacitação, revisita os objetivos da empresa e promove uma cultura confiante. Líderes que treinam são frequentemente vistos como grandes mentores. 

Desafios: Embora esse estilo tenha muitas vantagens, é mais demorado, pois requer um tempo individual com cada colaborador. O que pode ser difícil de obter em um ambiente acelerado com prioridades sensíveis ao tempo.

2. Visionário

Um dos estilos de liderança que tem a maior capacidade de impulsionar o progresso e inaugurar períodos de mudança, inspirando colaboradores e ganhando a confiança deles para engajarem em suas ideias é o estilo visionário. 

O líder visionário também é capaz de estabelecer um forte vínculo organizacional, ele se esforça para fomentar a confiança entre subordinados diretos e colegas.

Esse tipo de liderança é especialmente útil para empresas pequenas e de rápido crescimento ou maiores que estão passando por transformações e reestruturações corporativas.

Características de um líder visionário:

  • Persistente e ousado;
  • Estratégico;
  • Assume riscos;
  • Inspirador;
  • Otimista;
  • Inovativo;
  • E magnético.

Benefícios: A liderança visionária pode ajudar as empresas a crescer melhorando tecnologias, práticas desatualizadas e engajando equipes.

Desafios: O líder visionário pode perder detalhes ou oportunidades importantes por estar sempre focado no panorama geral. Ele também pode sacrificar a resolução de problemas do presente por ser orientado para o futuro, o que pode ser um problema.

3. Servo

O líder servo segue uma mentalidade que prioriza as pessoas e acredita que, quando os membros de uma equipe se sentem pessoalmente e profissionalmente realizados, são mais eficazes e têm maior probabilidade de produzir com excelência. Por causa de sua ênfase na satisfação e colaboração, ele tende a atingir níveis mais elevados de respeito.

Um líder servo é um excelente estilo de liderança para organizações de qualquer setor e tamanho. Ele é excepcionalmente habilidoso para aumentar o moral dos colaboradores e ajudar as pessoas a se motivarem novamente no trabalho.

Características de um líder servo: 

  • Motiva sua equipe;
  • Tem excelentes habilidades de comunicação;
  • Preocupa-se pessoalmente com sua equipe;
  • Incentiva a colaboração e o envolvimento;
  • E compromete-se a aumentar sua equipe profissionalmente.

Benefícios: O líder servidor tem a capacidade de aumentar a fidelidade e a produtividade dos colaboradores, além de melhorar também o desenvolvimento e a tomada de decisões deles, cultivando a confiança e criando futuros líderes.

Desafios: Esse estilo de liderança pode ficar facilmente exausto, pois coloca as necessidades de sua equipe acima das suas. Ele pode ter dificuldade em ser autoritário quando precisar ser e, por isso, os objetivos da organização podem ser colocados em risco.

4- Autocrático

Esse é um dos estilos de liderança também conhecido como autoritário. O líder desse tipo é aquele que se concentra quase inteiramente em resultados e eficiência. Frequentemente, toma decisões sozinho ou com um grupo pequeno e confiável e espera que seus colaboradores façam exatamente o que é pedido.

Esse estilo pode ser útil em organizações com diretrizes rígidas ou setores de alta conformidade. Também pode ser benéfico quando usado com colaboradores que precisam de muita supervisão, como aqueles com pouca ou nenhuma experiência. No entanto, pode sufocar a criatividade e fazer com que a equipe sinta-se em verdadeiro quartel.

Características de um líder autocrático:

  • Autoconfiança;
  • Automotivado;
  • Comunica-se de forma clara e consistente;
  • Segue regras;
  • É confiável;
  • Valoriza ambientes altamente estruturados;
  • E acredita em ambientes de trabalho supervisionados.

Benefícios: O líder autocrático pode promover a produtividade por meio da delegação, fornecendo uma comunicação clara e direta, reduzindo o estresse dos funcionários e tomando decisões por conta própria.

Desafios: Este estilo pode causar estresse ao líder por suportar todo o peso da tomada de decisões. A falta de flexibilidade e rigidez, bem como o desinteresse em ouvir as ideias dos outros, podem causar ressentimento na equipe, além de criar colaboradores sem autonomia. 

5 – Laissez-faire ou hands-off

Esse estilo de liderança é o oposto do tipo autocrático. Este líder concentra-se principalmente em delegar muitas tarefas aos membros da equipe, porém fornecer pouca ou nenhuma supervisão.  

Como um líder laissez-faire não gasta seu tempo gerenciando colaboradores intensamente, ele, geralmente, tem mais tempo para se dedicar a outros projetos.

É possível adotar esse estilo de liderança quando todos os membros da equipe são altamente experientes, bem treinados e exigem pouca supervisão. No entanto, isso também pode causar uma queda na produtividade se os colaboradores ficarem confusos sobre as expectativas de seu líder ou se alguns membros da equipe precisarem de motivação e limites consistentes para trabalhar bem.

Características de um líder Laissez-faire ou hands-off:

  • Delega efetivamente;
  • Acredita na liberdade de escolha;
  • Fornece recursos e ferramentas suficientes;
  • Assume o controle se necessário;
  • Faz críticas construtivas;
  • E promove qualidades de liderança em sua equipe e de trabalho autônomo;

Benefícios: Este estilo incentiva a responsabilidade, a criatividade e um ambiente de trabalho descontraído. Por conta disso, pode também aumentar a retenção de funcionários.

Desafios: Não funciona bem para novos funcionários, pois eles precisam de orientação e suporte prático em seus primeiros dias. Esse método também pode levar à falta de estrutura, confusão na liderança e falta de apoio.

estilos de liderança

6. Democrático ou participativo

O estilo de liderança democrático, também conhecido como participativo, é uma combinação de dois estilos de liderança: o autocrático e o laissez-faire.

Um líder democrático é aquele que pede informações e considera o feedback de sua equipe antes de tomar uma decisão. Como os membros da equipe sentem que suas vozes são ouvidas e suas contribuições são importantes, o estilo de liderança democrático costuma ser creditado por promover níveis mais elevados de envolvimento dos colaboradores e da satisfação no local de trabalho.

Como essa liderança impulsiona a discussão e a participação é um excelente estilo para organizações focadas em criatividade e inovação, como a indústria de tecnologia.

Características de líder democrático / participativo:

  • Promove discussões de grupo;
  • Fornece todas as informações para a equipe ao tomar decisões;
  • Promove um ambiente de trabalho onde todos compartilhem suas ideias;
  • Racional;
  • Flexível;
  • E é bom mediador.

Benefícios: Sob esse estilo de liderança, os colaboradores podem se sentir fortalecidos, valorizados e unificados e tem o poder de aumentar a retenção e o moral de uma equipe. Também requer menos supervisão gerencial, já que os colaboradores normalmente fazem parte dos processos de tomada de decisão e sabem o que precisam fazer.

Desafios: Este estilo de liderança tem o potencial de ser ineficiente e caro, pois leva muito tempo para organizar grandes discussões em grupo, obter ideias, feedbacks, discutir possíveis resultados e comunicar decisões. Também pode adicionar pressão social aos membros da equipe que não gostam ou têm dificuldades em expor suas ideias em grupo. 

7 – Pioneiro

Essa liderança estabelece o ritmo e tende a ser um dos mais eficazes para gerar resultados rápidos. O líder desse estilo é focado em desempenho e, frequentemente, estabelece padrões elevados e responsabiliza os membros da equipe quando atingem seus objetivos.

Embora o estilo de liderança pioneira seja motivacional e útil em ambientes de ritmo acelerado, no qual, os membros da equipe precisam ser engajados com frequência, nem sempre é a melhor opção para equipes que precisam de orientação e feedback constante.

Características de um líder pioneiro:

  • Define um padrão alto;
  • Foca em metas;
  • Lento para elogiar;
  • Corre para atingir metas, quando necessário;
  • Altamente competente;
  • E valoriza o desempenho acima de outras soft skills;

Benefícios: Uma liderança pioneira incentiva os colaboradores a atingir metas e cumprir os objetivos de negócios. Também promove um ambiente de trabalho dinâmico e energizado.

Desafios: Por promover um ambiente de trabalho acelerado, esse estilo pode criar falhas na comunicação ou não ser claro em suas instruções.

8 – Transformacional

O estilo de liderança transformacional é semelhante ao treinador, pois foca na comunicação clara, definição de metas e motivação dos colaboradores. No entanto, em vez de colocar a maior parte da energia nas metas individuais, ele é impulsionado pelo compromisso com os objetivos organizacionais.

Como esse líder usa muito do seu tempo no panorama geral, funciona  melhor em equipes que podem lidar com muitas tarefas delegadas sem supervisão constante.

Características de um líder transformacional:

  • Tem respeito mútuo pela equipe;
  • Fornece incentivo;
  • Inspira outras pessoas;
  • Pensa no quadro geral;
  • Valoriza o desafio intelectual da equipe;
  • É criativo;
  • E tem uma boa compreensão das necessidades organizacionais.

Benefícios: A liderança transformacional valoriza a conexão pessoal com sua equipe, o que pode aumentar o moral e a retenção de talentos. Também preza pela ética da empresa e da equipe, ao invés de se concentrar excessivamente em alcançar objetivos.

Desafios: Como o líder transformacional tem um olhar voltado para os indivíduos, isso pode fazer com que as vitórias da equipe ou da empresa passem despercebidas. 

9 – Transacional

Um líder transacional é aquele focado no desempenho, semelhante ao precursor. Ele estabelece incentivos predeterminados, geralmente na forma de recompensa monetária pelo sucesso e ação disciplinar quando algo dá errado. 

Ao contrário do estilo precursor, os líderes transacionais também são focados em orientação, instrução e treinamento para atingir metas e desfrutar das recompensas.

Embora esse estilo seja ótimo para organizações e equipes com metas específicas, como vendas e receita, não é o melhor quando o assunto é estimular a criatividade.

Características de um líder transacional:

  • Valoriza a estrutura corporativa;
  • Não questiona a autoridade;
  • Prático e pragmático;
  • Valoriza o cumprimento de metas;
  • É reacionário.

Benefícios: Um Líder transacional facilita o alcance de metas, por meio de instruções e prazos claros e objetivos. 

Desafios: Esse estilo sufoca a criatividade e desmotiva os funcionários que não são incentivados por recompensas financeiras.

10. Burocrático

Os líderes burocráticos são semelhantes aos líderes autocráticos no sentido de esperar que os membros de sua equipe sigam regras e procedimentos exatamente como estão descritos.

O estilo burocrático concentra-se em deveres fixos dentro de uma hierarquia, na qual, cada colaborador tem uma lista definida de responsabilidades e há pouca necessidade de colaboração e criatividade. Sendo mais eficaz em setores ou departamentos altamente regulamentados, como finanças, saúde ou governo.

Características de um líder burocrático:

  • Orientado e focado nos detalhes;
  • Segue regras;
  • Tem uma ótima ética de trabalho
  • É obstinado
  • Tem compromisso com sua organização;
  • E é auto disciplinado.

Benefícios: Este estilo de liderança pode ser eficiente para empresas que precisam seguir regras e regulamentos rígidos. Cada membro da equipe tem um papel claramente definido que o leva à eficiência. Esse líder não costuma fazer amizades pois separa bem o trabalho dos relacionamentos para não prejudicar a capacidade da equipe.

Desafios: Ele não promove a criatividade, é lento para mudar e não prospera em ambientes dinâmicos.

11- Assertivo

Um líder assertivo sabe que relacionamentos produtivos envolvem dar e receber. Ele atende às necessidades da empresa ou departamento, com o entendimento de que todos devem fazer o mesmo para que metas sejam atendidas.

Esse estilo busca soluções em que todos são beneficiados e trabalha através do conflito, negociando e influenciando, não através da evasão (uma abordagem passiva-agressiva) ou tomando o que quer sem levar em conta as necessidades dos outros (uma abordagem agressiva). Ele opta por agir e se comunicar de forma assertiva, na maioria das vezes, por ser uma abordagem altamente eficaz, mas pode mudá-la de acordo com a situação que se encontra. 

Características de um líder assertivo: 

  • Específico;
  • Direto;
  • Honesto;
  • Respeitoso;
  • Motivado;
  • E comprometido com o objetivo, missão e visão da empresa.

Benefícios: Por prezar soluções que contemplem a todos, esse líder é respeitado e seguido pelos membros de sua equipe.

Desafios: Esse estilo não costuma fazer rodeios para comunicar algo e, por isso, pode exagerar e tornar agressiva a sua fala, transformando rapidamente o respeito em medo. 

Como escolher e desenvolver seu estilo de liderança

Se você é alguém que está interessado no caminho da liderança ou busca estruturar sua abordagem como líder, pode ser útil escolher um estilo que pareça autêntico para você. Para isso, você pode fazer alguns questionamentos a si mesmo:

  • O que valorizo ​​mais – metas ou relacionamentos?
  • Eu acredito mais em estrutura ou liberdade de escolha?
  • Eu prefiro tomar uma decisão sozinho ou coletivamente?
  • Devo me concentrar em metas de curto ou longo prazo?
  • A motivação vem de empoderamento ou direção?
  • Como é uma dinâmica de equipe saudável para mim?

Esses são apenas alguns exemplos de perguntas que você pode fazer enquanto reflete sobre os estilos de liderança que citei aqui, isso pode te ajudar a decidir com qual você se identifica mais. 

No entanto, para desenvolver o seu próprio estilo de liderança, considere apostar nessas estratégias:

  • Se der errado, mude: Experimente abordagens variadas em diferentes circunstâncias e preste atenção aos resultados, se forem negativos, seja flexível e mude a sua abordagem.
  • Procure um mentor: Falar com um líder com mais experiência do que você pode oferecer uma grande percepção de como eles desenvolveram seu estilo e o que funcionou para eles.
  • Peça feedback:  Embora às vezes seja difícil de ouvir, o feedback construtivo ajuda você a se tornar um líder mais eficaz. Peça às pessoas, em quem você confia,  sugestões e observações honestas.
  • Seja autêntico: Se você está tentando aperfeiçoar um estilo de liderança que está em oposição a sua personalidade ou moral, ele parecerá inautêntico. Tente escolher algo que esteja alinhado com seus pontos fortes e trabalhe para melhorá-lo.

Embora um estilo possa ter impacto em um trabalho específico, por exemplo, líderes autocráticos tendem a se sair bem em um ambiente militar, a melhor liderança é aquela que sabe se adaptar a diferentes cenários e organizações. 

Lembre-se que a maioria dos líderes utiliza diversos estilos de liderança para atingir objetivos distintos em diferentes momentos de suas carreiras. Ou seja, embora você possa ter se destacado em uma função com determinado tipo de liderança, outra posição pode exigir um conjunto diferente de hábitos para garantir que sua equipe opere com mais eficácia.

Pronto para criar o seu próprio estilo de liderança?

Espero que esse artigo tenha te ajudado a conhecer os diferentes estilos de liderança e dado a você os insumos necessários para criar o seu próprio. 

E não se esqueça:  não existe um estilo de liderança “perfeito”, por isso todos que citei aqui, apresentam vantagens e desvantagens e alguns serão mais eficazes em determinados cenários que outros. Dessa forma, independentemente do estilo no qual você se encaixa atualmente é provável que haja algumas mudanças para que você se torne um líder mais eficaz. Afinal, a liderança é um processo de aprendizado e requer um pouco de tentativa e erro para acertar.